Educandário de Magia Monte Pascoal

Harry Potter RPG Fórum. A magia de HP em terras brasileiras.
 
InícioPortalFAQBuscarGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [TRAMA.FANTASMAS]Casa dos Espíritos

Ir em baixo 
AutorMensagem
Tiago B. Sartori
Auror
Auror
avatar

Saldo Bancário (Galeões) : 178
Mensagens : 287

Atributos
Dado Padrão: d45 x 7
Habilidades Mágicas: 7
Habilidade Desportiva: 7

MensagemAssunto: Re: [TRAMA.FANTASMAS]Casa dos Espíritos   Qui Set 17, 2009 5:28 pm

Tiago tinha passado o dia se recuperando da prova do dia anterior. Estava cansado e com dores no corpo, não imaginava que se cançaria tanto, mas a felicidade por ter vencido era maior. Tinha saído da ala hospitalar naquela manhã, tinha passado a noite em observação. Estava faminto, não teria aula e queria se esbaldar de comer, então foi até o salão principal na hora do almoço e no meio do caminho foi cumprimentado pelos seus companheiros de casa pela vitóra. Chegando ao salão principal, viu o banquete enorme e se sentou à mesa de sua casa e já começou a se servir de coxa de frango, purê de batata, batata frita, molho, salada, maionese e várias outras coisas, pegou uma jarra de suco de abóbora e deixou ao seu lado, encheu um copo, tomou de uma vez e encheu outro. Ele se fartou de comida, comia com gosto e satisfação e ao final do banquete estava mais do que satisfeito e seguiu para o lago, iria descançar um pouco mais. "Como é bom ficar sem fazer nada!" Pensou Tiago chegando à beira do lago e se jogando no gramado, deitando e olhando para o céu. Vez ou outra passava um aluno da Jacarandá para lhe parabenizar. Ele adormeceu pensando como seria a prova do dia seguinte.

Acordou olhando para o céu, percebendo que havia dormido a tarde toda, pois o céu já estava avermelhado, demonstrando que o dia havia acabado. Ele se levantou e seguiu para dentro do colégio, subindo em seguida para a torre da Jacarandá, iria tomar um banho e depois ficaria no salão comunal da Jacarandá. Passou pela sala comunal e continuou recebendo os parabéns de todos da casa e então subiu para o seu quarto. Chegando lá, começou a se despir, mas assim que tirou a camiseta, pôde ver um envelope sobre sua cama, indo até ele e abrindo-o, ao que pôde lever:

Citação :
"Esteja em frente a casa dos espirítos às 2h da madrugada! Não se atrase!

Lord "G"! "

Ao terminar de ler, um sorriso malígno apareceu em seus lábios. Tiago sabia, mais ou menos, do que se tratava, afinal Lord G só poderia significar Lord Ghost. Tiago ficou empolgado com aquilo, estava sendo chamado pelo líder dos Fantasmas e estava orgulhoso por isso. "Será que fui só eu, ou mais alguém foi chamado?" foi o primeiro pensamento que passou na cabeça dele. Ficou ansioso o resto da noite, mal esperava para ver que era o novo líder dos Fantasmas, tinha uma pessoa em mente, mas queria saber quem realmente era.

Já era 1:15 da madrugada e Tiago estava deitado em sua cama para pensando em um monte de coisas, menos em dormir. Ele havia deitado com as roupas, preparado para sair e, assim que olhou no relógio, viu que era 1:16 e não iria esperar mais. Ele levantou sorrateiramente e desceu para a sala comunal que se encontrava vazia. Escondido ele realizou um feitiço desilusório para conseguir sair do colégio sem ser visto e assim o fez. Conseguiu sair se maiores problemas e assim que saiu dos domínios do colégio, se consentrou, visualizando a casa dos espíritos e só foi ouvido um estalo e Tiago desapareceu, reaparecendo em frente a casa. Estava tudo vazio, apenas se ouvia o barulho dos ventos e o farfalhar das árvores, não havia ninguém no lugar. Tiago ficou meio escondido, esperando alguém para ver se alguém chegava.

_________________

Narração | "Pensamentos" | -Fala
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dominic Anatolly
Fantasma
Fantasma
avatar

Saldo Bancário (Galeões) : 159
Mensagens : 194

Atributos
Dado Padrão: d50 x 6
Habilidades Mágicas: 8
Habilidade Desportiva: 6

MensagemAssunto: Re: [TRAMA.FANTASMAS]Casa dos Espíritos   Seg Out 26, 2009 12:16 am

A madrugada estava fria, uma neblina muito espessa cobria a casa dos espíritos e havia apenas uma pessoa na rua, Tiago. O garoto estava esperando algo ou alguém na frente da casa, não parecia amedrontado nem nada, apenas impaciênte. Apenas um estalo chamou a atenção do garoto que estava parado ali. Tiago conhecia bem aquele estalo, era alguém aparatando. Não demorou muito e uma figura com um capuz negro que cobria todo o corpo foi se aproximando, a pouca luz que tinha no lugar insidiu em um objeto dourado na altura do rosto que demonstrou ser uma máscara. Era o lider dos fantasmas, que se vestia como os Comensais da morte se vestiam, um sobretudo negro com capuz grande, somente a máscara mudava.



O simbolo na testa da máscara era conhecido por Tiago, era o símbolo dos fantasmas, o mesmo que aparecia em suas vítimas. A última vez que Tiago viu aquele símbolo tinha sido no rosto de Paulo, o ex-líder dos Fantasmas. O sujeito emcapuzado se aproximou de Tiago, uma voz rouca e abafada pela máscara entrou nos ouvidos do garoto.

-Muito bem, Tiago! Fico feliz de ter respondido ao meu chamado! Vamos entrar!

O sujeito colocou a mão sobre o ombro do garoto e foi guiando em direção à casa dos espíritos. O líder dos Fantasmas fez um movimento com a varinha e a neblina densa foi se decipando e mostrando uma casa bem arrumada e inteira, ao contrário da aparência deplorável de antigamente.
O garoto mostrou uma cara de espanto e foi acompanhando o homem que seguia para dentro da casa. Ao que eles entraram, o homem colocou Tiago ao centro da sala e com um movimento da varinha fez sua máscara se esfumaçar e desaparecer, mostrando ser Dominic Anatolly. Tiago não demonstrou nenhum espanto, parecia já saber que se tratava do professor. Mais três figuras mascaradas e encapuzadas se aproximaram de Tiago, saídas das sombras, assim como verdadeiros fantasmas. Os três elementos, diferentemente de Dominic, usavam máscaras prateadas



Tiago olhou com curiosidade para os demais mas se manteve quieto. Dom se aproximou do garoto, estava com um sorriso sarcástico nos lábios.

-Bom, Tiago, você sabe para que eu te chamei e não vou enrrolar! Estou te convocando para fazer parte dos Fantasmas e fazer trabalhos menores para nós! Você fará parte do esquadrão mirim e nos dará informações e irá propagar nosso nome dentro do educandário! Está ciente de tudo isso?

O garoto acenou positivamente com a cabeça, fazendo o professor dar um sorriso maior. Dom se aproximou mais de Tiago e puxou o braço do garoto, erguendo a manga de sua camisa. Ele apontou a varinha para o braço do garoto e com um movimento circular, uma tatuagem apareceu no braço do garoto



Essa tatuagem parecia estar sendo feita com ferro em brasa, o que fez o garoto fazer uma cara de dor. Dom sorriu.

-Está doendo?

Tiago apenas acenou negativamente com a cabeça.

-Essa é a marca dos Fantasmas! Você não pode deixar ninguém vê-la e sempre que eu precisar de alguma coisa, esfregarei a minha tatuagem e todos saberão que eu estarei convocando vocês!

Dom ergueu a manga do seu manto, mostrando uma tatuagem semelhante.

-Essa tatuagem é um elo de ligação entre eu e vocês, então sempre que sentir ela arder, eu estarei chamando vocês, que saberão exatamente aonde eu estou! Essa tatuagem repesenta os treze soldados, que são as caveiras pequenas, as três maiores são meus três bispos - ele apontou para os três que estavam com as máscara prateadas - e a maior, é claro, sou eu! Caso você precise, mas apenas se for um caso de vida ou morte, você pode me convocar esfregando a caveira maior, eu saberei aonde você está e irei até você. Você só pode convocar a mim e em casos extremamente extremos!

Dom pegou com sua mão direita na mão direita de Tiago e disse.

-Agora você fará um voto perpétuo, que provará sua lealdade para com os Fantasmas!

Tiago acenou positivamente com a cabeça e um dos com a máscara prateada se aproximou com a varinha na mão. Ele apontou a varinha para as mãos dos dois e uma espécie de cordão amarrou as duas mãos.


Citação :
-Você, Tiago, jura ser leal aos Fantasmas?

Tiago: Juro!

-Você, Tiago, jura nunca manchar o nome dos Fantasmas e nunca revelar nada sobre os Fantasmas?

Tiago: Juro!

-Você, Tiago, jura dar sua vida para proteger a identidade dos integrantes dos Fantasmas, assim como dar sua vida para defender os ideais dos Fantasmas?

Tiago: Juro!

Um clarão verde dominou o ambiente e logo se apagou, o cordão havia sumido e o feitiço tinha sido concluído. Dom olhou com orgulho para Tiago.

-Agora você faz parte oficialmente dos Fantasmas!

Dom fez um movimento com a varinha e um manto dobrado com uma máscara branca em cima veio até suas mãos.



Dom estendeu o manto para Tiago e disse com uma voz autoritária.

-Não deixe ninguém ver isso! Agora você sabe do segredo da casa dos espíritos! Eu sou o fiel do segredo e você pode vir para cá quando precisar, claro que com cautela! Portanto deixe seu manto e sua máscara aqui e pegue-a quando precisar! Aqui é sua casa também! Cuidado com suas atitudes a partir de agora e seja o mais sutil possível! Como pôde perceber, sua máscara é branca, diferente da minha, que é dourada e as dos Bispos, que são prateadas, a branca é a de soldado, assim como os demais membros! Tenha orgulho de ser um soldado dos fantasmas!

Citação :
-Eu tenho! Milord!

-No educandário me chame de professor, Dominic, Dom, com preferir, mas nas reuniões, você vai se dirigir a mim como Lord Ghost, Lord G, ou até Milord, como preferir! Agora é melhor você ir até seu quarto aqui na casa, que é a terceira porta à direita, lá em cima e voltar para o colégio! Para convocar a marca negra dos Fantasmas, assim como os comensais faziam quando matavam alguém, a palavra é Gespenst, que significa Fantasma em Alemão e uma imagem parecida com sua tatuagem pairará sobre o lugar! Não invoque a marca de bobeira, ou será penalizado! Apenas invoque se acher extremamente necessário! Você saberá da próxima reunião! Agora vá!

O garoto assim o fez, subindo para o quarto. Dom estava muito feliz em ter convocado Tiago. Os Fantasmas ainda não estavam completos, faltava um membro, mas isso poderia esperar! Já tinha 15 membros, com Tiago, faltavam um para completar 16, o número que Dom queria para o grupo. Dom se preparou para, igual a Tiago, voltar para o educandário.

_________________
Narração |*Pensamentos* | -Falas | -Ofidioglossia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Brittany Brian
Fantasma
Fantasma
avatar

Mensagens : 84

Atributos
Dado Padrão: d50
Habilidades Mágicas: d10
Habilidade Desportiva: d10

MensagemAssunto: Re: [TRAMA.FANTASMAS]Casa dos Espíritos   Ter Dez 01, 2009 2:24 pm

theINITIATIONstarts !


It's the beginning of a new era !




Narration;Talk;Thoughts;Letter to Brittany


BEVOR das einleitung!


Nada de importante havia acontecido no dia, a Sexta-Feira passara normalmente sem nenhum acontecimento muito digno de atenção, somente o vai-e-vem normal dos alunos e as aulas monótonas, até para ela que normalmente se entretia em aulas. O dia estava normal e, teoricamente, terminaria tão normal quanto começou. Se fosse assim também na prática seria ótimo.

O dia estava normal para Brittany Brian até ela esbarrar no Capitão do Time de Quadribol da Jacarandá, Tiago alguma coisa e havia visto algo que não aparecia desde o episódio do roubo do Facão Sangrento, a caveira grande da marca dos fantasmas. Quando ela estava em Hogwarts os filhos de Death Eaters comentavam sempre dessa organização que era a favor dos bruxos de Sangue-Puro e que atuava no Brasil, mas o líder havia sido preso por isso ela não funcionava mais. Foi com grande pressa que Tiago abaixou a manga de sua camisa, mas a ruiva tinha certeza do que ela tinha visto.

Mais tarde, ao entrar no seu dormitório para deixar sua mochila antes de ir Jantar percebeu um envelope deixado em cima de sua cama. Curiosa, a garota abriu-o e retirou uma carta escrita em caligrafia caprichada, mas obviamente masculina:

"Esteja em frente a casa dos espirítos às 2h da madrugada! Não se atrase!

Lord "G"! "


Ignorando problemas com linguagem e o tempo que este havia consumido, continuaremos com a história. Lord G ou Lord Ghost, não importa. A metamorfomaga já ouvira falar deste nome, mas nunca tinha considerado receber uma carta dele, já que, embora sínica e ambiciosa, nunca fora realmente a favor da causa dos Sangues-Puros mesmo sendo uma delas. Não sabendo o que fazer, ela deixou o envelope em cima da cama onde havia sido colocado, tirando as vestes – o que ela mais odiava no mundo bruxo eram as vestes, só usava elas quando realmente necessário – e colocando algo mais confortável para o inverno do Rio de Janeiro, calças de moletom com uma blusa regata e um casaco fechado por cima e um tênis Nike no pé.

um ZWEI uhr!


Aparatar era proibido, tanto na Inglaterra quanto no Brasil, antes dos 17 anos. Não que isso realmente importasse para Brittany Nadja Brian, afinal, regras não foram feitas para serem quebradas? A menina sabia aparatar desde os 14 anos de idade, mesmo não conseguindo usar muito esse meio de transporte devido aos feitiços protetores de Hogwarts. O EMMP não era diferente, então para poder sair teria que primeiro sair do Educandário, uma tarefa fácil nessa época de tranqüilidade.

A decisão ainda não estava certa, mas ela poderia tentar escapar se os Fantasmas não fossem o que ela queria, embora ela desconfiasse que eles fossem sim o que precisava. Um sorriso sinsitro apareceu no rosto da menina e seus olhos brilharam maníacamente por alguns segundos. Sim, se esse grupo a ajudasse a tornar-se famosa ela com certeza faria parte dele, mesmo sendo imparcial á causa.

Saindo do Educandário não demorou muito e ás 2 da manhã em ponto Britany se encontrava em frente á Casa dos Espíritos, local similar á Casa Mal-Assombrada de Hogsmeade. Ouvindo o barulho de passos vindos de sua direita, ela virou-se para ver uma pessoa, provavelmente um homem pela sua linguagem corporal, aproximando-se dela. Entrando em uma posição defensiva, a garota tirou a varinha de dentro da manga e apontou para o intruso.

- Quem é você? – Perguntou, seu sotaque alemãotornando-se mais pronunciado no momento de tensão, não desgrudando os olhos da figura que se vestia como um Comensal da Morte, somente com uma máscara diferente. O sujeito somente riu, sua voz abafada pela máscara.

[Obs: Tiago, sorry por usar seu person, mas eu estava sem ideia, essa foi a única que veio á minha cabeça. Dom tbm, sorry. E ai está, a iniciação, agora só falta o Dom e agente pode começar á postar na ação oficial, uhull! E adorei essa estética nova, demoro mtoo pra fica boa, mas eu ameei! kk']

_________________


Última edição por Brittany Brian em Qua Dez 02, 2009 10:56 am, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dominic Anatolly
Fantasma
Fantasma
avatar

Saldo Bancário (Galeões) : 159
Mensagens : 194

Atributos
Dado Padrão: d50 x 6
Habilidades Mágicas: 8
Habilidade Desportiva: 6

MensagemAssunto: Re: [TRAMA.FANTASMAS]Casa dos Espíritos   Ter Dez 01, 2009 4:29 pm

Dom já estava acostumado a sair do Educandário a noite, conhecia as passagens secretas e isso se tornava fácil para ele. Uma bolsa acompanhava o professor e assim que saiu dos limites do Educandário vestiu o manto negro e em seguida colocou a máscara dourada.



O mais rápido que pôde, aparatou e apareceu próximo a casa dos espíritos. Ao longe ele pôde ver a silueta de uma pessoa, sorriu por baixo da máscara, a garota havia concordado, apesar de Dom saber quem ele escolhia. Dom se aproximou vagarozamente dela e a garota se demonstrou arisca ao sacar sua varinha. Dom, por sua vez nada fez, apenas deu uma risada e começou a falar

-Fico feliz que tenha vindo! Pode abaixar a varinha, fui eu quem a convocou! Vamos entrar!

O sujeito se aproximou da garota vagarozamente e colocou a mão sobre o ombro da garota e foi guiando em direção à casa dos espíritos. O líder dos Fantasmas fez um movimento com a varinha e a neblina densa foi se discipando e mostrando uma casa bem arrumada e inteira, ao contrário da aparência deplorável de antigamente.
A garota mostrou uma cara de espanto e foi acompanhando o homem que seguia para dentro da casa. Ao que eles entraram, o homem colocou Brittany ao centro da sala e com um movimento da varinha fez sua máscara se esfumaçar e desaparecer, mostrando ser Dominic Anatolly. Mais três figuras mascaradas e encapuzadas se aproximaram de Brittany, saídas das sombras, assim como verdadeiros fantasmas. Os três elementos, diferentemente de Dominic, usavam máscaras prateadas



Dom se aproximou da garota, estava com um sorriso sarcástico nos lábios.

-Bom, Brittany, você sabe para que eu te chamei e não vou enrrolar! Estou te convocando para fazer parte dos Fantasmas e fazer trabalhos menores para nós! Você fará parte do esquadrão mirim e nos dará informações e irá propagar nosso nome dentro do educandário! Está ciente de tudo isso?

A garota parecia assustada, mas Dom havia acompanhado ela durante os anos e tinha pesquisado sobre sua vida e familia. Dom se aproximou cautelosamente dela e pegou em seu braço, arregaçando a manga da blusa dela e com um movimento circular fez uma tatuagem aparecer no braço dela.



Essa tatuagem parecia estar sendo feita com ferro em brasa, o que fez a garota fazer uma cara de dor. Dom sorriu.

-Está doendo?

Dom tinha um ar sádico em seu semblante.

-Essa é a marca dos Fantasmas! Você não pode deixar ninguém vê-la e sempre que eu precisar de alguma coisa, esfregarei a minha tatuagem e todos saberão que eu estarei convocando vocês!

Dom ergueu a manga do seu manto, mostrando uma tatuagem semelhante.

-Essa tatuagem é um elo de ligação entre eu e vocês, então sempre que sentir ela arder, eu estarei chamando vocês, que saberão exatamente aonde eu estou! Essa tatuagem repesenta os treze soldados, que são as caveiras pequenas, as três maiores são meus três bispos - ele apontou para os três que estavam com as máscara prateadas - e a maior, é claro, sou eu! Caso você precise, mas apenas se for um caso de vida ou morte, você pode me convocar esfregando a caveira maior, eu saberei aonde você está e irei até você. Você só pode convocar a mim e em casos extremamente extremos!

Dom pegou com sua mão direita na mão direita de Brittany e disse.

-Agora você fará um voto perpétuo, que provará sua lealdade para com os Fantasmas!

Brittany se demonstrava receiosa, mas Dom não deixava brechas para ela questionar, mas ela assim poderia fazer se desejasse. Um dos com a máscara prateada se aproximou com a varinha na mão. Ele apontou a varinha para as mãos dos dois e uma espécie de cordão amarrou as duas mãos.


Citação :
-Você, Brittany Nadja Brian, jura ser leal aos Fantasmas?

-Você, Brittany Nadja Brian, jura nunca manchar o nome dos Fantasmas e nunca revelar nada sobre os Fantasmas?

-Você, Brittany Nadja Brian, jura dar sua vida para proteger a identidade dos integrantes dos Fantasmas, assim como dar sua vida para defender os ideais dos Fantasmas?

Após as confirmações da garota um clarão verde dominou o ambiente e logo se apagou, o cordão havia sumido e o feitiço tinha sido concluído. Dom olhou com orgulho para Brittany.

-Agora você faz parte oficialmente dos Fantasmas!

Dom olhou para a escada e uma figura com um manto igual aos demais, só que com uma máscara branca, desceu as escadas, ele tinha um manto dobrado com uma máscara branca em cima e veio até Brittany, estendendo em direção à ela.



Logo que ela pegou o manto e a máscara, Tiago fez um gesto com a varinha próximo à máscara e ela se esfumaçou e desapareceu, mostrando a face do garoto. Dom se aproximou por trás de Tiago e disse com uma voz autoritária.

-Não deixe ninguém ver isso! Agora você sabe do segredo da casa dos espíritos! Eu sou o fiel do segredo e você pode vir para cá quando precisar, claro que com cautela! Portanto deixe seu manto e sua máscara aqui e pegue-a quando precisar! Aqui é sua casa também! Cuidado com suas atitudes a partir de agora e seja o mais sutil possível! Como pôde perceber, sua máscara é branca, diferente da minha, que é dourada e as dos Bispos, que são prateadas, a branca é a de soldado, assim como o Tiago! Tenha orgulho de ser um soldado dos fantasmas!

Ele pegou no ombro de Tiago que olhava para Brittany com um brilho no olhar. Dom continuou.

-No educandário me chame de professor, Dominic, Dom, com preferir, mas nas reuniões, você vai se dirigir a mim como Lord Ghost, Lord G, ou até Milord, como preferir! Agora é melhor você ir até seu quarto aqui na casa, que é a quarta porta à direita, lá em cima e voltar para o colégio! Para convocar a marca negra dos Fantasmas, assim como os comensais faziam quando matavam alguém, a palavra é Gespenst, que significa Fantasma em Alemão, uma língua que vc tem muita familiaridade, e uma imagem parecida com sua tatuagem pairará sobre o lugar! Não invoque a marca de bobeira, ou será penalizada! Apenas invoque se achar extremamente necessário! Você saberá da próxima reunião! Agora vá!

Tiago ficou aguardando a volta da garota. Dom estava muito feliz em ter convocado Brittany. Os Fantasmas agora estavam completos. Dom se preparou para, igual aos garotos, voltar para o educandário.


OFF escreveu:
OK, eu assumo, o post é praticamente igual ao do Tiago, mas estou com preguiça! hehehehe

_________________
Narração |*Pensamentos* | -Falas | -Ofidioglossia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Brittany Brian
Fantasma
Fantasma
avatar

Mensagens : 84

Atributos
Dado Padrão: d50
Habilidades Mágicas: d10
Habilidade Desportiva: d10

MensagemAssunto: Re: [TRAMA.FANTASMAS]Casa dos Espíritos   Qua Dez 02, 2009 10:51 am

noBACKINGdown!

Our decisions lead to where we are now!




Narration;Talk;Thoughts;Dominic's Talk


in dem GEIST haus!


- Quem é você? – Perguntou Brittany, seu sotaque alemão tornando-se mais pronunciado no momento de tensão, não desgrudando os olhos da figura que se vestia como um Comensal da Morte, somente com uma máscara diferente. O sujeito somente riu, sua voz abafada pela máscara.

- Fico feliz que tenha vindo! Pode abaixar a varinha, fui eu quem a convocou! Vamos entrar! – Ele falou e a metamorfomaga, muito a contragosto, abaixou a varinha. O sujeito foi se aproximando da jovem e a cada passo ela tornava-se mais tensa, as mãos coçando para pegar a varinha e atacar quem que fosse o cara de máscara. Ao se aproximar ela conseguiu ver que a máscara Lord “G” estava usando era dourada e tinha a marca dos Fantasmas. ‘A mesma marca que estava n braço de Tiago!’ Pensou triunfante, sabendo que ela estava certa e que provavelmente Tiago já fazia parte dessa organização.
A mão no seu ombro, colocada pelo líder do grupo quase a fez atacar e o repentino movimento com a varinha feito por ele a fez girar seu pulso e a varinha sair em sua mão, escondida pelas suas pernas, temporariamente. A tensão podia ser cortada com uma faca e a guarda da ruiva não abaixou um momento sequer, com medo de esse estranho lhe atacar sem nenhum aviso, até quando a neblina densa que guardava a Casa dos Espíritos se dissipou mostrando uma casa nova e bem cuidada, completamente oposta ao estado anterior, completamente deplorável. 'Então é por isso que as pessoas morrem, desaparecem ou ficam malucas quando entram aqui. Esperto, muito esperto. Muito melhor que os Death Eaters, bem melhor.'

A cara de espanto não fora completamente verdadeira, mas alguma mostra de emoção teria que aparecer alguma hora, ou melhor, alguma mostra de emoção que não seja psicopata ou sinistra vinda dela, mesmo que isso não aconteça freqüentemente. Acompanhando o homem a um passo que seria mais usado em uma caminhada no shopping quando se quer olhar as vitrines, Brittany adentrou a casa, muito mais bem mobiliada, o layout muito mais sofisticado que ela imaginara ser um QG de uma facção, por mais podre de rica esta seja. O sujeito logo posicionou a ruiva no centro da sala e, com um movimento de varinha que deixou a jovem Brian alerta, fez sua máscara esfumaçar e desaparecer, revelando ser Dominic Anatolly, Professor de Artes das Trevas e Diretor da Jacarandá.

As três figuras que saíram das sombras como verdadeiros fantasmas assustou a garota e sua varinha estava novamente em sua mão, ainda escondida de vista dos Fantasmas. A única diferença entre a roupa de Dominic e a roupa desses novos Fantasmas era a cor da máscara, desta vez prata em vez de dourado, mostrando algum tipo de hierarquia dentro do grupo. 'Provavelmente farei parte da camada mais inferior possível.' Pensou com desgosto.

O Professor se aproximou da pupila e o sorriso sarcástico lançou um alarme em sua cabeça que diziam para ela sair correndo, mas sabia que não conseguiria, não com quatro bruxos maiores de idade na área. Além disso, Lord “G” era um Professor no Educandário, ele iria atrás dela, com certeza. - Bom, Brittany, você sabe para que eu te chamei e não vou enrolar! Estou te convocando para fazer parte dos Fantasmas e fazer trabalhos menores para nós! Você fará parte do esquadrão mirim e nos dará informações e irá propagar nosso nome dentro do educandário! Está ciente de tudo isso?

Um breve aceno de cabeça foi a única resposta que o professor obteve, enquanto Brittany lutava para manter o sorriso sinistro fora de seu rosto, mantendo uma falsa expressão de medo firmemente no rosto. Finalmente, suas habilidades como atora serviriam para algo realmente importante. Os passos lentos e hesitantes de Dom não a assustavam mais, mas ela manteve a charada, realmente ficando tensa quando este segurou seu braço, puxou sua manga e fez uma tatuagem aparecer. A dor sentida por ela foi a uma das mais intensas de sua vida, parecia que a tatuagem estava sendo queimada com ferro em sua pele e a dor era agonizante! Não conseguiu impedir a expressão de dor que substituiu a sua falsa de espanto, mas nenhum grito escapou de sua boca e nenhuma lágrima sequer foi derramada.

- Está doendo? – O ar sarcástico do professor já estava dando nos nervos da metamorfomaga e ela queria, de alguma maneira, tirar aquele sorriso sarcástico do rosto inocente de Dominic Anatolly. - Essa é a marca dos Fantasmas! Você não pode deixar ninguém vê-la e sempre que eu precisar de alguma coisa esfregarei a minha tatuagem e todos saberão que eu estarei convocando vocês! – Enquanto o professor explicava tudo sobre a marca, grande parte já previamente conhecida pela garota, ela tirou o braço de onde estava nas mãos do Professor e flexionou os dedos para voltar à circulação. O movimento de puxar a manga para cima feito pelo Professor fez Brittany girar de leve o punho esquerdo e chamar a sua varinha para proteção.

Eu sinto que é meu dever como Narradora tentar explicar um pouco da razão de Brittany estar tão tensa. Primeiro é o seu passado, contado em grande parte em sua ficha, mas mais escuro do que parece em seus dias de Hogwarts. Crescendo na Sonserina, ela aprendeu a adotar a máscara que não demonstrava uma emoção sequer e a mantinha calma nos momentos onde todos estavam correndo e gritando em pânico. Ela se tornou fria e calculista, embora não tão fria quanto a maioria dos alunos de sétimo ano por não ter tido tempo de desenvolver ainda mais esse seu lado frio e calculista. Ela era sempre desconfiada e para ganhar a sua confiança era necessário muito tempo, trabalho e dedicação, pois um passo em falso e você nunca mais terá outra chance. Outros motivos não revelarei para não estragar a surpresa.

- Essa tatuagem é um elo entre eu e vocês, então sempre que senti-laela arder, eu estarei chamando vocês, que saberão exatamente onde eu estou! Essa tatuagem representa os treze soldados, que são as caveiras pequenas, as três maiores são meus três bispos - Ele então apontou para os três que estavam com as máscaras prateadas - e a maior, é claro, sou eu! Caso você precise, mas apenas se for um caso de vida ou morte, você pode me convocar esfregando a caveira maior, eu saberei onde você está e irei até você. Você só pode convocar a mim e em casos extremamente extremos!

A mão direita de Dom segurou firmemente a mão direita de Brittany, que ficou surpresa ao sentir a temperatura da mão do professor, quase tão fria quanto a sua. Suas mãos e pés sempre foram alguns graus mais frios do que o resto do seu corpo por alguma razão enquanto o rosto era mais quente que o resto e não era por vergonha não.

- Agora você fará um voto perpétuo, que provará sua lealdade para com os Fantasmas! – Um plano começou a formar na cabeça da metamorfomaga, talvez tivesse uma chance de escapar caso isso fosse acabar como o negócio de Hogwarts acabara.

Citação :

- Você, Brittany Nadja Brian, jura ser leal aos Fantasmas?
- Ich schwure. – Jurou ela. Parte 1 do plano em ação.

- Você, Brittany Nadja Brian, jura nunca manchar o nome dos Fantasmas e nunca revelar nada sobre os Fantasmas?
- Ich schwure. – Repetiu.

- Você, Brittany Nadja Brian, jura dar sua vida para proteger a identidade dos integrantes dos Fantasmas, assim como dar sua vida para defender os ideais dos Fantasmas?
- Ja, ich schwure. – Falou pela última vez.

O clarão verde encheu a sala como se tudo tivesse sido normal. A esperança de Brittany diminui um pouco e o orgulho com o qual Dominic olhou para ela foi quase suficiente para fazê-la repensar as suas decisões. A noite com certeza seria mal dormida com todas as perguntas que passavam por sua cabeça naquele momento. A jovem seguiu o olhar de Dom para a escada, vendo uma figura com a mesma roupa, mas uma máscara branca descendo as escadas, um manto e uma máscara em suas mãos. Ele parou perto de Brittany e lhe estendeu o uniforme, o qual ela pegou com uma expressão neutra no rosto, vendo que sua máscara também era branca.

O movimento de varinha perto do rosto feito pela figura não a assustou mais, sabendo a razão do movimento. Sorriu triunfante quando viu que era Tiago a figura por trás da máscara e teve que se esforçar para não sair pulando e gritando "Eu sabia!" que nem uma louca. A voz autoritária que Dom utilizou ao falar as próximas ordens mostrava porque ele era o líder dos Fantasmas. - Não deixe ninguém ver isso! Agora você sabe do segredo da casa dos espíritos! Eu sou o fiel do segredo e você pode vir para cá quando precisar, claro que com cautela! Portanto deixe seu manto e sua máscara aqui e pegue-a quando precisar! Aqui é sua casa também! Cuidado com suas atitudes a partir de agora e seja o mais sutil possível! Como pôde perceber, sua máscara é branca, diferente da minha, que é dourada e as dos Bispos, que são prateadas, a branca é a de soldado, assim como o Tiago! Tenha orgulho de ser um soldado dos fantasmas!

O brilho no olhar de Tiago ao olhar para Brittany era um tanto desconfortante, mas a menina retribuiu o olhar, sem o brilho, da melhor maneira possível, não querendo demonstrar fraqueza. - No educandário me chame de professor, Dominic, Dom, com preferir, mas nas reuniões, você vai se dirigir a mim como Lord Ghost, Lord G, ou até Milord, como preferir! Agora é melhor você ir até seu quarto aqui na casa, que é a quarta porta à direita, lá em cima e voltar para o colégio! Para convocar a marca negra dos Fantasmas, assim como os comensais faziam quando matavam alguém, a palavra é Gespenst, que significa Fantasma em Alemão, uma língua que você tem muita familiaridade, e uma imagem parecida com sua tatuagem pairará sobre o lugar! Não invoque a marca de bobeira, ou será penalizada! Apenas invoque se achar extremamente necessário! Você saberá da próxima reunião! Agora vá!

Brittany fez uma breve reverência e saiu da sala, indo para o local, sabendo que agora não tinha mais volta.

[Obs: Não pude resistir, tive que postar de novo. A mente de Brittany é meio complicada, eu to tendo dificuldades com esses posts. Dom, vou te mandar uma MP com umas ideias que eu tive para a trama mais tarde... E ich schwure significa eu juro em alemão povoo.]

_________________


Última edição por Brittany Brian em Qua Dez 02, 2009 1:00 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dominic Anatolly
Fantasma
Fantasma
avatar

Saldo Bancário (Galeões) : 159
Mensagens : 194

Atributos
Dado Padrão: d50 x 6
Habilidades Mágicas: 8
Habilidade Desportiva: 6

MensagemAssunto: Re: [TRAMA.FANTASMAS]Casa dos Espíritos   Qua Dez 02, 2009 12:03 pm

Dom estava completamente satisfeito com tudo que estava acontecendo. Tinha orgulho de Brittany, mas ainda faltava muito para ele confiar plenamente na garota, ela teria que conquistar a confiança de Dom. Estava tudo feito, os fantasmas estavam completos e exatamente como Dom queria, todos eram sangue puro.
Tiago havia subido atrás de Brittany para trocar de roupa e desceu juntamente com a garota. Estavam prontos para voltar para o educandário.
Ao sair da casa dos espíritos, Dom se virou para os dois e esticou um braço para cada.

-Irei levá-los até o Educandário, mostrarei-lhes uma passagem que pode ser muito útil para os dois.

Assim que ambos seguraram Dom aparatou e os três apareceram nos limites do educandário. Os três entraram nos terrenos do educandário e seguiram para o Grande Lago e foram até uma parede que, aparentemente não tinha nada. Os dois alunos se entreolharam e Dom sacou sua varinha e disse.

-É mais um segredo que devem guardar. Essa porta dará na estátua da sereia no corredor superior perto da sala precisa. De dentro para fora a palavra para abrir é Aqus Solenis e a estárua da sereia abrirá a passagem. Daqui para dentro é só inverter a palavra e a porta se mostrará. - ele apontou a varinha para a parede - Sinelos Suqa!

Uma porta se formou e se abriu em seguida. Assim que os três passaram a porta se fechou atrás deles. Eles subiram uma longa escadaria e sairam nos corredores superiores. Dom se despediu silenciosamente e seguiu para seu quarto, enquando os dois alunos seguiram para suas casas.

_________________
Narração |*Pensamentos* | -Falas | -Ofidioglossia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Brittany Brian
Fantasma
Fantasma
avatar

Mensagens : 84

Atributos
Dado Padrão: d50
Habilidades Mágicas: d10
Habilidade Desportiva: d10

MensagemAssunto: Re: [TRAMA.FANTASMAS]Casa dos Espíritos   Qua Dez 02, 2009 12:59 pm

questionsWITHOUTanswers !

You have one question that leads to two answers that lead to more questions !




Narration;Talk;Thoughts;Dom's Talk

ZURÜCK zu den educandário!


Ler a linguagem corporal de uma pessoa sempre foi uma das coisas que Brittany Brian era excepcionalmente boa em, mas ler Dominic Anatolly era um desafio e até agora a jovem Brian não havia conseguido sequer ler uma intenção do professor. Brittany podia ser boa, mas Dominic era um mestre na arte e isso era um tanto assustador para a ruiva, tão acostumada em saber o que os outros estavam pensando, se sentiam ou qual seria a próxima ação dessa pessoa.

Tiago seguiu a jovem quando eles subiram para trocar de roupa, se separando ao entrar em seus respectivos quartos. Nele, a ruiva colocou sua máscara e sua roupa em cima da cama, já prontas caso uma escapada rápida fosse necessária. Desceu as escadas rapidamente, sabendo que já era tarde e precisava voltar para o Educandário. Na sala, seguiu Dom que saiu da asa dos Espirítos. No lado de fora, ele esticou os braços, um para cada aluno.

- Irei levá-los até o Educandário, mostrarei-lhes uma passagem que pode ser muito útil para os dois. - Ela falou. Brittany segurou firme no braço de Dom e logo sentiu como se estivesse sendo espremida em um tubo de mangueira, coisa que logo parou ao apareceram nos limites do Educandário. Entrando cautelosamente nos terrenos, eles seguiram para o Grande Lago e foram até uma parede que não tinha nada. Brittany e Tiago se entreolharam, interrogarções presentes em ambos os rostos, o que só aumentou quando o professor sacou a varinha.

- É mais um segredo que devem guardar. Essa porta dará na estátua da sereia no corredor superior perto da sala precisa. De dentro para fora a palavra para abrir é Aqus Solenis e a estárua da sereia abrirá a passagem. Daqui para dentro é só inverter a palavra e a porta se mostrará. - Um sorriso apareceu no rosto da jovem Brian, um pouco sinistro, com a oportunidade de sair e entrar no Educandário sem ter muitos problemas e sem muitas chances de encontrar professores. Além disso, essa passagem com certeza serviria para muitas outras coisas. Dominic apontou a varinha para a parede. - Sinelos Suqa

Nenhum som foi feito quando a porta se abriu, ou durante o trajeto, o pequeno grupo tentando fazer o mínimo possível de barulho para não atrair indesejáveis. Nos corredores superiores o mestre de Artes das Trevas se despediu silenciosamente. Brittany olhou para Tiago e, com um simples aceno de cabeça, foi em direção a Torre da Pau-Brasil, sabendo que não conseguiria dormir essa noite, mas precisando de um tempo sozinha para pensar sobre o que havia acontecido naquele dia.

[Obs: Ta mixuruca, e o center ta podre, mas ta ai, acho que esse post finaliza a iniciação, agora é só postar no oficial!]

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [TRAMA.FANTASMAS]Casa dos Espíritos   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[TRAMA.FANTASMAS]Casa dos Espíritos
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Como ver espíritos
» Presentes de Reclamação: Espíritos de Natureza
» Gregory Valentine "Mediador dos Espíritos"
» The Limboww! O misterioso mundo dos espíritos!
» o Poderes dos Espíritos da Água o Atualizados em 30/11/2014

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Educandário de Magia Monte Pascoal :: 2015-
Ir para: