Educandário de Magia Monte Pascoal

Harry Potter RPG Fórum. A magia de HP em terras brasileiras.
 
InícioPortalFAQBuscarGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Escritorio Victor Wagner

Ir em baixo 
AutorMensagem
Victor Wagner
Diretor Geral
Diretor Geral
avatar

Saldo Bancário (Galeões) : 226
Mensagens : 857

Atributos
Dado Padrão: d50 x 6
Habilidades Mágicas: 8
Habilidade Desportiva: 7

MensagemAssunto: Escritorio Victor Wagner   Seg Mar 15, 2010 7:48 pm

#Março de 2025 - 21h.

O jantar havia acabado há algum tempo e Victor discretamente passou uma mensagem para que os professores em que tinha mais confiança viessem a seu quarto para uma breve reunião... Breve, mas que poderia dar início a recuperaração da paz no Educandário.

Estava ansioso... andava de um lado a outro... e eis que uma batida na porta o fez correr para abrí-la pessoalmente... Isadora Rafaelli e Bruno Maia o aguardavam, Victor pediu para que se sentassem e se acomodassem...

- Senhores, pedi secretamente que viessem nesta noite me procurar pois preciso expor minhas considerações e ponderar sobre suas opiniões...

Victor respirou fundo, sua mão estava suada e seu semblante com um olhar preocupado. Sentou-se na beirada da cadeira de espaldar alto e tentava controlar suas mãos e sua preocupação enquanto falava, mas falou direto o que pensava:

- Dominic não é mais o mesmo. Não consigo mais confiar nele... Está sempre entre palavras comedidas e refreadas... Parece não se importar mais com nossos alunos, mas apenas com o "nome" e a "reputação" do educandário... Parece me tratar sempre com ironia e sarcasmo... eu não entendo... quando colocaram ele no meu lugar como diretor, eu realmente pensei que tinha falhado e que o melhor seria abrir mão de meu cargo sem resistência... Eu o achava correto e capaz de dirigir esta escola como eu não havia conseguido... agora já não sei...

Algumas considerações pelos outros professores foram feitas e Victor manteve sua preocupação exteriorizada...

- O Clube de Duelos... era uma forma de manter os alunos em atividade, exercitando suas próprias habilidades defensivas... disse que iria ao ministério resolver isto... duvido muito que isto realmente aconteça...

Recostou-se no espaldar e suspirou. Sentiu sua energia vital fugir pelo ar expirado enquanto uma vontade contida de chorar o remoía no peito... Foi quando uma figura não esperada entrou nos aposentos do professor sem ser convidado. Victor deu um pulo da cadeira.

- Dominic!!!!... - exclamou.

- Victor, Boa noite... Boa noite, senhores... Recebi seu recadinho secreto, Victor, e decidi aparecer.... estou surpreso que tenham começado antes de mim, mas já que estamos todos aqui, gostaria de saber qual é a pauta da reunião.



Última edição por Victor Wagner em Sab Mar 20, 2010 8:48 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bruno Maia
Professor de Artes das Trevas
Diretor da Pau-Brasil

Professor de Artes das Trevas  Diretor da Pau-Brasil
avatar

Saldo Bancário (Galeões) : 2
Mensagens : 927

Atributos
Dado Padrão: d50 x 6
Habilidades Mágicas: 8
Habilidade Desportiva: 8

MensagemAssunto: Re: Escritorio Victor Wagner   Seg Mar 15, 2010 10:11 pm


°°Reuniãozinha Secreta°°
"We are dirt
We are alone
You know we're far from ?sober?
Look closer
Are you like me?
Are you ugly?"

Ugly - The Exies
    O vento açoitava os cabelos de Bruno como testando os limites de sua aderência à sua cabeça. O frio cortante tomava conta da pele e das sensações do professor, que andava rapidamente por entre os corredores escuros e totalmente desertos do educandário. Agora, cada aluno descansava confortavelmente em suas camas, alheios a qualquer turbulência externa, como se as paredes da escola os isolassem do mundo, criando em sue interior um organismo vivo, pulsante e principalmente protetor. Esse organismo dependia da ação conjunta de zeladores e professores, que, em geral, rondavam esses mesmos corredores em busca de artimanhas, trapaças, alunos fugitivos ou mesmo coisas mais sinistras, como artes das trevas.
    Aquela noite, no entanto, começara estranha. À mesa, Bruno recebeu um sinal inconfundível de Victor para que fossem se encontrar em sua sala. O sinal havia sido bem sutil. Bruno lembrava-se do ex-diretor chegando bem próximo a ele, e falando-lhe sobre Tiago e sua competência como Auror. Delicadamente, seu colega pôs um pequeno pedaço de pergaminho aparentemente em branco por baixo de sua taça de vinho, e fora recolher-se em seus aposentos. No pergaminho, havia apenas as seguintes palavras:

    ”Morte Cenne!”

    Bruno sabia exatamente do que se tratava. No entanto, achou bem estranho que Victor o estivesse mandado um anagrama. O que ele desejaria tão secretamente dizer? Imediatamente, Bruno começou a trabalhar no anagrama. As letras embaralhavam-se rapidamente em sua mente, formando diversas combinações, mas nenhuma com sentido apreciável. Foi quando Bruno sentiu que havia alguém o observando. Rapidamente olhou para frente, mas não havia ninguém o olhando. Ali havia somente Dominic, concentrado em sue jantar, Isadora, aparentemente absorta em pensamentos e o franzino professor de transformações, um velho que não tinha nenhum horizonte, senão o encontro com a morte.
    Foi quase com um salto, na verdade um sobressalto entusiasmado, que Bruno levantou a cabeça e viu exatamente o que Victor queria dizer:

    ”Encontre-me!”

    Por que Victor desejaria encontrar-se secretamente com Bruno? A julgar pelo anagrama feito às pressas, ele havia decidido fazer esse encontro de última hora, como uma conclusão da qual ele estivesse receoso, ou com muita cautela. Bruno não sabia, mas havia, de fato, alguma coisa por trás daquilo.
    Agora, ele batia juntamente com Isadora a porta velha de Victor. O professor pareceu subitamente velho e cansado. Parecia haver sobre seus ombros um imenso e nauseante fardo. Parecia absurdamente confuso e atrapalhado, sem saber por onde começar. Andou por um momento de um lado para outro, e sentou-se na beira de sua cadeira. Havia um tom de ressalva em sua voz, como que quisesse expor ali uma opinião sua, pessoal, mas iminentemente real e confirmada.
    Então, lançou-lhes a bomba. O que Bruno já desconfiava, Dominic. Desde que vira o professor pela primeira vez suspeitara dele, embora, Bruno tenha que admitir, o professor tenha conquistado sua confiança por um tempo.

    ”Victor, eu compartilho de sua preocupação. Na verdade, achei muito estranho Dominic ter assumido a diretoria da escola. Sinceramente, o fato de...” – Hesitou por um momento, pois sabia que o ex-diretor ainda sentia a culpa por sua morte e a de Lucas – ”... de eu ter falecido... Não foi culpa sua, Victor. Foi uma fatalidade! Os fantasmas erma poderosos e estavam organizados. Nós fomos pegos de surpresa. Eu sei que você até tentou ir para lá, mas não chegou há tempo. Não havia o que fazer... Não acho que você deveria ter saído da diretoria da escola, Victor. Precisamos de alguém de confiança e pulso firme no cargo. Sinceramente, também não confio muito em Dominic. Sinto o tom sarcástico dele a todo instante, e o jeito como ele olha para as pessoas... Dá certo frio na espinha, eu acho...”

    Então, Victor disse-lhe sobre o clube de duelos. Fora com muita dor que Bruno vira seu clube favorito ser fechado. Principalmente agora, nesses tempos difíceis, saber defender-se, treinar os alunos para situações de combate seria de vital importância. Seria indispensável. No entanto, Dominic parecia negar-se a ir ao ministério pedir a reabertura. Parecia não desejar que os alunos se defendessem.

    ”Victor... Eu estive pensando... Porque Dominic não quer o clube de duelos na ativa novamente. Claramente ele está hesitando... Mas por que, nesses tempos difíceis, e justamente agora, ele deseja manter o clube fechado? Parece querer os alunos indefesos... Será que ele teme que os alunos se julguem aptos a desafiar um fantasma e acabem se metendo em encrencas? Não sei... Não me parece o tipo de Dominic... O que acha, Isa?”

    Isadora ainda falava quando, subitamente, Dominic adentrou o habitáculo, agora já levemente aquecido. A corrente de ar frio que adentrou o recinto trazia consigo uma sensação de gelo na espinha pela figura que jazia ali parada à porta. Dominic então falou, carregado de sarcasmo. Um sarcasmo nojento, pegajoso, hediondo, que desceu pelos tubos auriculares de Bruno como uma gosma nojenta. Bruno sentia intensa repulsa a cada palavra de seu novo diretor. Nunca gostara de Dominic. Desde os tempos de colégio, sempre vira nele um riquinho hipócrita e nojento. Sua visão dele não havia mudado tanto assim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Isadora Rafaelli
Professor de Artes e Mistérios da Natureza
Professor de Artes e Mistérios da Natureza
avatar

Mensagens : 86

Atributos
Dado Padrão: d50
Habilidades Mágicas: d10
Habilidade Desportiva: d10

MensagemAssunto: Re: Escritorio Victor Wagner   Qui Mar 18, 2010 8:38 pm

¨~Uma mosca na sopa...

Era uma deliciosa torta de frango com ricota... se não fosse pelo estranho pedaço de pergaminho que estava discretamente enfiada nela. Quando Isa levantou o braço para chamar um elfo e reclamar a respeito da presença do objeto estranho em sua comida, o professor Bruno Maia a segurou suavemente pelo punho e lhe deu um sorriso. Uma comunicação sem palavras se estabeleceu e Isadora viu, em uma imagem mental, uma frase escrita no papel sujo de ricota... Foi então que entendeu o que estava se passando e pela letra reconheceu o autor daquela mensagem.

Naquela mesma noite os três professores se encontraram nos aposentos do Professor Victor e escutou atentamente cada palavra que os dois libertavam e sentiu que aquelas eram as mesmas idéias que a estavam sufocando e a angustiando há tempos. Aproveitou a oportunidade para ratificar a impressão negativa que o "reinado" de Anatolly lhe causava.

- Pois bem, é isto o que eu acho: Dominic está mais preocupado com o que o Ministério pensa dele do que com que os alunos realmente precisam... Eu não duvido nada que esteja arquitetando uma forma para se tornar o próximo Ministro da Magia... E a respeito do Clube de Duelos, Victor, é isto que os alunos precisam agora... precisam aprender a agir e a se defender...

E enquanto estava apresentando seus argumentos, Dominic entrou na sala e interrompeu sua linha de raciocínio, a deixando com uma vontade doida de enfiar sua varinha em uma das cabeludas fossas nasais de Anatolly...

_________________

You know that I´m no good...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dominic Anatolly
Fantasma
Fantasma
avatar

Saldo Bancário (Galeões) : 159
Mensagens : 194

Atributos
Dado Padrão: d50 x 6
Habilidades Mágicas: 8
Habilidade Desportiva: 6

MensagemAssunto: Re: Escritorio Victor Wagner   Sab Mar 20, 2010 6:53 pm

Dominic estava resolvendo vários problemas, existiam os problemas com o ministério, problemas com seu grupo particular, os professores não estavam contentes com ele, entre várias outras coisas.
O que deixava Dominic mais preocupado era um possível complô que estava se formando contra ele, ele tinha que tomar uma atitude quanto à isso. O que ninguém sabia era que Dom tinha uma cobra de estimação, esta era muito dedicada à Dominic, pois ele era o único humano com quem ele poderia falar e os dois criaram um vínculo, onde Dom ajudava a cobra e vice-versa. Com ajuda da sua amiga, Dom ficava sabendo de tudo dentro dos terrenos do Educandário, ela era como uma espiã para o Diretor, e foi assim que Dom ficou sabendo da reunião secreta que Victor havia convocado. Não satisfeito em saber da reunião, Dom queria confrontar Victor a respeito disso, afinal o que eles estavam planejando. Dom estava em seu dormitório e pegou sua varinha, ordenando:

-Taboo Dominic!

Agora quando seu nome fosse pronunciado, mesmo com defesa, Dom poderia rastrear os indivíduos. Ele ainda não sabia o lugar da reunião secreta, mas seu nome havia sido pronunciado e Dominic seguiu em direção à sala de Victor.
Chegou à porta da sala do professor e entrou de supetão, com um sorriso sínico nos lábios e dizendo.

-Victor, Boa noite... -olhou para os demais, Bruno e Isabella também estavam ali- ...Boa noite, senhores... Recebi seu recadinho secreto, Victor, e decidi aparecer.... estou surpreso que tenham começado antes de mim, mas já que estamos todos aqui, gostaria de saber qual é a pauta da reunião.

Dominic estava satisfeito em ver a reaçao de todos, com certeza estavam confabulando sobre o diretor. Mesmo se livrando de Bruno, o maldito mestiço continuava atormentando Dominic. Agora estava de volta, morto, como fantasma, mas uma relíquia o permitia que vivesse como humano, entre os vivos. A parte boa era que o professor não tinha lembrança de sua morte.
Agora Dom estava ali, parado, esperando a reação dos professores.

_________________
Narração |*Pensamentos* | -Falas | -Ofidioglossia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Victor Wagner
Diretor Geral
Diretor Geral
avatar

Saldo Bancário (Galeões) : 226
Mensagens : 857

Atributos
Dado Padrão: d50 x 6
Habilidades Mágicas: 8
Habilidade Desportiva: 7

MensagemAssunto: Re: Escritorio Victor Wagner   Sab Mar 20, 2010 8:45 pm

#Março de 2025
#Post Anterior: Aposentos do Prof. Victor


A entrada indesejada de Dominic no quarto de Victor foi realmente uma surpresa extremamente desegradável Aquela reunião foi planejada para, justamente, tentar estudar e analisar formas de anular sua força política perante o Ministério. Porém, lá estava ele diante de seus conspiradores, desejo em saber sobre o que falavam...

"Mas como ele soube?", Victor se interrogava... mas não era tempo para conjecturas mentais a respeito de aliados e traidores... Já que Dominic estava presente, era hora de pedir para que a situação dos duelos fosse resolvida de vez por todas.

- Falávamos do Clube de Duelos, Dominic. Queremos reativar o Clube e quero saber se você resolveu o assunto no Ministério... É um absurdo deixar a coisa como está: alunos desprotegidos enquanto o mal está aí fora, rondando por entre as paredes e por nossos sonhos...

Dominic foi curto e grosso. Sua resposta, ríspida e direta.

Victor se exaltou a ponto de levantar o dedo na direção de Dominic: - É um absurdo o que vocês estão fazendo... Não venha dizer que é para o bem estar e segurança dos alunos... Vocês estão pondo fim em uma coisa maior que a tradição desta escola... estão pondo fim nas chances destas crianças se defenderem... Os ensinamentos das aulas não bastam, a prática é muito importante...

Dominic não se abalou e com uma irritativa e superior elegância, abaixou o dedo de Vagner enquanto afirmava que naquele ano não haveria Clube de duelos, dando fim ao assunto.



Última edição por Victor Wagner em Sab Mar 27, 2010 8:44 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bruno Maia
Professor de Artes das Trevas
Diretor da Pau-Brasil

Professor de Artes das Trevas  Diretor da Pau-Brasil
avatar

Saldo Bancário (Galeões) : 2
Mensagens : 927

Atributos
Dado Padrão: d50 x 6
Habilidades Mágicas: 8
Habilidade Desportiva: 8

MensagemAssunto: Re: Escritorio Victor Wagner   Sab Mar 20, 2010 10:24 pm


°°Reuniãozinha Secreta°°

    O coração do professor Maia ainda batia aceleradamente enquanto encarava aquela figura extra na sala. Dominic estava ali, de pé, frente às pessoas que estavam prestes a planejar um golpe, ou discutir exatamente seu governo mal-planejado, pelo menos. A sensação de que estavam de mãos atadas era freqüente e atordoante. Bruno simplesmente odiava sentir-se dessa forma.
    Agora, no entanto, o problema era como disfarçar o que estavam fazendo ali. Se Dominic havia adentrado a porta, provavelmente soubera que haveria uma reunião, e sobre o que seria essa reunião para a qual ele não fora chamado? Victor, astutamente, veio com a solução. O clube de duelos. Decidir jogar a verdade para catalisar a aceitação de uma rede de mentiras fora um truque genial.
    No segundo seguinte, quase sem perceber, Bruno estava voando na direção do antipático professor, seus dedos estendidos à frente como garras. Bruno esquecera completamente de sua condição humana, inteligente, e passara à agressão física, animal. Como sempre, ela não havia funcionado muito bem, e Dominic livrou-se de Bruno com um gesto displicente de varinha. Com a impulsão do feitiço, Bruno voara até chocar-se com as costas em uma das paredes do aposento de Victor, felizmente sem derrubar nenhum de seus ornamentos.
    Bruno não viu a reação de Isadora, nem mesmo a dos professores, uma vez que estava surdo e sua visão estava um tanto turva com o choque. A primeira coisa que ouviu, quando enfim sua vista normalizava-se foi Victor dizendo para Dominic:

    ”A prática é muito importante...”

    E então, absurdamente ousado, Dominic segurou o dedo de Victor e abaixou-o. O mundo parou por um instante. Os segundos cessaram seu habitual corrimento e até mesmo os astros interromperam suas orbitais tradicionais para ver um professor Bruno vermelho de fúria. O sangue afluiu rapidamente à sua cabeça, seus pensamentos descoordenaram-se, suas pernas e braços perderam um tanto de sensibilidade. A mão do professor voava velozmente para o cós de sua calça, puxavam rapidamente sua varinha, que cintilava, quase tremia com a força de um estrondoso ”bombarda”, mas, como a verdadeira voz da consciência, Isadora abaixou rapidamente a varinha de Bruno, enquanto Victor olhava fixamente para ele, como passando uma mensagem mental muito forte.

    ”Controle-se!”

    Bruno, arfando e respirando ruidosamente, disse:

    ”Dominic, eu sinceramente, com toda força, te odeio! ABRE A PORCARIA DO CLUBE DE DUELOS, ANTES QUE EU ESTRAGUE MINHA VARINHA NESSA FOSSA QUE VOCÊ CHAMA DE CARA!”
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Isadora Rafaelli
Professor de Artes e Mistérios da Natureza
Professor de Artes e Mistérios da Natureza
avatar

Mensagens : 86

Atributos
Dado Padrão: d50
Habilidades Mágicas: d10
Habilidade Desportiva: d10

MensagemAssunto: Re: Escritorio Victor Wagner   Ter Mar 23, 2010 9:27 pm

*~Apenas uma mosca?

Tudo ocorreu muito ligeiro: Victor lutava com palavras a favor da reabertura do Clube de Duelos, Dominic levantou a voz energicamente agindo de forma um tanto grosseira e em um segundo Bruno Maia voava pela sala de estar ao encontro de Dominic... no segundo seguinte, o mesmo Bruno voava em sentido oposto ao encontro da parede. O barulho que fez quando se chocou foi tão material que Isadora por um instante duvidou de que Bruno não era mais um ser vivente e se perguntou se ele realmente poderia sentir dor...

Isadora se abstraiu de toda a discussão e foi logo socorrer seu amigo estatelado ao chão, mas para sua surpresa, quando Bruno ainda se recompunha, mais uma vez o professor ameaçou se atracar com Dominic... Em um gesto rápido, antes de qualquer atitude precipitada, Isadora segurou a varinha de Bruno e a abaixou com paciência, transmitindo um pouco da tranquilidade que tentava manter naquele momento de tensão. Victor sentiu a nebulosidade e previu as consequências de que uma atitude precipitada poderia gerar, enviando um aviso mental para o nervoso professor, mas com as emoções cozinhando em uma panela de pressão, Bruno derramou tudo sobre Dominic:

”Dominic, eu sinceramente, com toda força, te odeio! ABRE A PORCARIA DO CLUBE DE DUELOS, ANTES QUE EU ESTRAGUE MINHA VARINHA NESSA FOSSA QUE VOCÊ CHAMA DE CARA!”

Dominic se divertia com a cena e resolveu, por fim, dar um ponto final em toda aquela discussão... e foi o fim definitivo do clube de duelos.

_________________

You know that I´m no good...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dominic Anatolly
Fantasma
Fantasma
avatar

Saldo Bancário (Galeões) : 159
Mensagens : 194

Atributos
Dado Padrão: d50 x 6
Habilidades Mágicas: 8
Habilidade Desportiva: 6

MensagemAssunto: Re: Escritorio Victor Wagner   Qua Mar 24, 2010 10:04 pm

Dominic olhava para todos, orgulhoso como sempre. Bruno, aquele mestiço estava ali, não bastava ele morrer, tinha que atormentar a vida de Dom, parecia um karma. Isadora também estava ali, com seu jeito autoritário e até nojento de ser. Uma traidora do sangue que deveria ter o mesmo fim dos sangues-ruins, ou até pior. Victor respondou para o diretor, dizendo se tratar do clube de duelos.

Citação :
- Falávamos do Clube de Duelos, Dominic. Queremos reativar o Clube e quero saber se você resolveu o assunto no Ministério... É um absurdo deixar a coisa como está: alunos desprotegidos enquanto o mal está aí fora, rondando por entre as paredes e por nossos sonhos...

-Victor, não me faça rir! "Desprotegidos"? "Por nossos sonhor"? Isso é ridículo, Victor, um clube de duelos não fará com que as crianças aprendam a se defender, apenas as tornarão alvos fáceis, já que elas pensarão que podererão lidar com uma luta de verdade! Clube de duelos é uma atividade inútil e o Ministério tem mais o que fazer do que se preocupar com um mero clube de escola! Existem nós, os adultos, para proteger as crianças!

Dom percebeu a irritação de Bruno e no minuto seguinte o professor pulou para cima do diretor, que, habilmente sacou a sua varinha e ordenou mentalmente "Everte Statum", a vontade de Dom era lançar um Avada Kedrava, mas aquele não era o momento e ele não saberia se o mesticinho poderia morrer de novo. O professor bateu com violência na parede, ao que Dominic deu um sorriso maicioso.
Victor se exaltou e seguiu em direção à Dominic com o dedo em riste, de uma forma ameaçadora. Dom praticamente nem ouviu as palavras do professor, abaixando o dedo de Victor levemente com um ar de superioridade, mas sem perder a elegância.

-Victor, lamento, mas esse ano não haverá clube dos duelos! Não quero arriscar que um de meus alunos se meta a valentão e tente enfrentar um fantasma! Tenho dito!

Dom tinha dado o caso por encerrado e iria sair da sala, ao ver a professora Isadora ir ajudar o professor mestiço, Dom viu o mesmo sacar sua varinha e já se preparou para de defender, mas a professora teve o bom senso de parar o professor. Bruno lançou palavras chulas para agredir Dom, que deu uma piscada para o professor e se virou, mas antes de sair da sala, Dom apenas virou a cabeça de leve e disse em um tom suave.

-Victor, quando o professor Maia se acalmar, diga-lhe que ele está demitido, não tolero agressão verbal, muito menos físicas dirigida a mim de um professor! Se assim continuar, perderemos o respeito! Antes disso, prefiro cortar o mal pela raiz!

Dom se virou com um ar de superioridade e saiu da sala, fechando a porta calmamente à suas costas.

_________________
Narração |*Pensamentos* | -Falas | -Ofidioglossia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Victor Wagner
Diretor Geral
Diretor Geral
avatar

Saldo Bancário (Galeões) : 226
Mensagens : 857

Atributos
Dado Padrão: d50 x 6
Habilidades Mágicas: 8
Habilidade Desportiva: 7

MensagemAssunto: Re: Escritorio Victor Wagner   Sab Mar 27, 2010 8:42 pm

#Março/2025
#Post Anterior: Aposentos do Prof. Victor


Tenso estava o ambiente. A porta acabara de ser fechada, mas a lama deixada por Dominic estava espalhada por todos os lados... Bruno arfava alto e Isadora o acalentava como podia... O professor recém desempregado tentou mais uma vez ir atrás do diretor para fazer aquilo que prometera, mas foi impedido pelos seus amigos... Um pouco depois, quando a racionalidade voltava às emoções de todos, Victor notou que tremia levemente, talvez efeito da descarga de adrenalina que foi despejada em sua corrente sanguínea quando Bruno atacou Dominic... Ainda estava incrédulo com tudo que havia acontecido em sua sala... Por fim, considerou que tudo foi sua culpa: a reunião secreta, falar de Dominic,.... Tinha, de alguma forma, que consertar o estrago.

Pensou em ir ao Departamento de Educação e Cultura Bruxa no dia seguinte, mas sabia qual seria a reação deles. Dominic estava bem cotado no Ministério, e duvidava muito que algo contrário a vontade do diretor fosse feito... Foi então, lembrando-se do Ministério, que uma série de pensamentos encadeados começou a transcorrer em sua mente até chegar a figura do seu falecido amigo e ex-Ministro da Magia, Francisco Tinoco...

- O presente de Tinoco!!!... É isto... Vou dar um jeito neste mal entendido agora...

Correu até seu quarto e revirou uma das gavetas de seu armário. Uma espécie de relógio dourado reluziu entre suas cuecas, uma fina corrente de ouro pendia das mãos de Victor e descrevia um semi círculo no ar... Victor passou correndo por seus amigos, sem dar explicações e sumiu nos corredores da Torre Central.


_________________
even me
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bruno Maia
Professor de Artes das Trevas
Diretor da Pau-Brasil

Professor de Artes das Trevas  Diretor da Pau-Brasil
avatar

Saldo Bancário (Galeões) : 2
Mensagens : 927

Atributos
Dado Padrão: d50 x 6
Habilidades Mágicas: 8
Habilidade Desportiva: 8

MensagemAssunto: Re: Escritorio Victor Wagner   Dom Mar 28, 2010 11:11 am


°°Reuniãozinha Secreta°°
    “Demitido”. A palavra estranha reboava em seu cérebro, como um hormônio desesperado em achar um sítio onde alocar-se. Uma molécula estranha e desoladora vagando pelo espaço etéreo que era sua mente. Estava demitido. Estava acabado. Ainda fez uma tentativa fraca, irracional, como um arco reflexo, de atacar o “querido diretor”. Mas nada. Isadora o conteve.
    A porta fechou-se às costas de Dominic, deixando para trás seu rastro de desilusão e desalento. Estava acabado. Tudo acabado.
    Sentiu um ardor profundo em seu olho, enquanto uma lágrima quente descia, marcando o ponto final de uma história de ilusão. A quem queria enganar? Estava morto. Não pertencia mais à essa escola, e, agora, oficialmente, estava demitido. Para quê se enganar. Iria agora para seu dormitório, jogaria fora seu portal de Ísis e “viveria” pacatamente sua eternidade como fantasma.
    Seu amigo sentara-se em sua poltrona, tremendo ligeiramente. Isadora, ao seu lado, estava um tanto confusa e ainda aparvalhada com os acontecimentos. O clima na sala não poderia ser mais tenso. Não conseguia mais suportar ver ali, ao seu lado, sua amiga pisando em ovos, e seu melhor amigo, aquele que sempre representou a ele a rocha fundamental da escola, uma espécie de São Pedro, até mais que o próprio Sábio, tremendo afudnado em sua falta de controle.

    ”Victor...”

    Mas não pôde continuar sua frase. Sua voz, que já saiu embargada e rouca, perdia-se em sua garganta, em algum ponto abaixo de sua glote.

    ”Isa...”

    E, então, levantou-se. Vagarosamente, andou pela sala em direção à porta. Pôs a mão na maçaneta. Girou.


.....Data: Março, 2025
.....Vindo de: Aposentos do Prof. Victor Wagner
.....Indo para: Escadarias de acesso à torre central
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Isadora Rafaelli
Professor de Artes e Mistérios da Natureza
Professor de Artes e Mistérios da Natureza
avatar

Mensagens : 86

Atributos
Dado Padrão: d50
Habilidades Mágicas: d10
Habilidade Desportiva: d10

MensagemAssunto: Re: Escritorio Victor Wagner   Dom Mar 28, 2010 3:12 pm

*~Uma mosca na sopa...
*~Feitiço do tempo - Parte II


Ela e Bruno estavam diante da porta de Victor... Um sentimento estranho invadia seu corpo como uma leve rajada de vento frio perpassando seu coração e irrandiando-se para suas extremidades... Lembrou do encontro que acabara de ocorrer com Victor nas escadarias da Torre.

- Bruno, Victor ainda não deve ter chegado... Ele não chegaria tão rápido sem aparatação e como ele não é mais o diretor, não pode mais aparatar aqui dentro.

Bruno sorriu para ela e apenas disse para que não duvidasse da capacidade de locomoção de um professor de transporte bruxo... Isa riu, mas não eliminou o sentimento que insistia em percorrer em sua veias.

- Bruno... Por favor... Estou muito preocupada... Victor estava realmente estranho... Tome esta pílula. É essência de Valleriana desarmada e amplificada, não vai deixar seus sentimentos te dominarem e te manterá mais calmo...

Estendeu uma pílula para o professor e acabou tomando ela própria uma, antes de bater discretamente na porta.


Citação :
... uma batida na porta fez Víctor correr para abrí-la pessoalmente... Isadora Rafaelli e Bruno Maia o aguardavam, Victor pediu para que se sentassem e se acomodassem...

- Senhores, pedi secretamente que viessem nesta noite me procurar pois preciso expor minhas considerações e ponderar sobre suas opiniões...

Victor respirou fundo, sua mão estava suada e seu semblante com um olhar preocupado. Sentou-se na beirada da cadeira de espaldar alto e tentava controlar suas mãos e sua preocupação enquanto falava, mas falou direto o que pensava:

- Dominic não é mais o mesmo....

- Mas como?... perguntou Isadora ao ouvir o nome do diretor ser pronunciado. Bruno olhava da mesma forma, perplexo, para ela.

- Victor!?! Você acabou de nos avisar para não mencionar o nome...

E subitamente Isadora suspeitou do que havia se passado... Nas escadarias, Victor segurava um objeto dourado... não deu para saber o que realmente era, mas a corrente dourada em movimento semicircular... "Um Vira-Tempo... Ah! Danado...!"

E como previsto, Dominic apareceu surpreendendo a todos...
Citação :
- Boa noite, senhores... Recebi seu recadinho secreto, Victor, e decidi aparecer.... estou surpreso que tenham começado antes de mim, mas já que estamos todos aqui, gostaria de saber qual é a pauta da reunião.


Não se intimidando com a presença do Diretor, Victor começou a falar a respeito do Clube de Duelos e de sua importância para os alunos e quando Dominic usou de palavras não muito amistosas, os ânimos se revolveram: Victor levantou o dedo para Dominic, este o abaixou no mesmo momento...Isadora sentiu uma revolução de sentimentos se degladiando dentro de Professor Bruno...

Pareceu-lhe que Bruno puxaria sua varinha, mas interrompeu o gesto mantendo a mão aonde o objeto estava guardado.. Suas feições variavam do animal furioso para o professor sensato...

Isadora também sentia a Valleriana Desarmada agindo em seu corpo, a mantendo calma diante da tumultuada situação... Puxou a mão de Bruno discretamente, o fazendo largar da varinha, e a segurou entre a sua.

- Controle-se, Bruno!!!... Lembre-se do que Victor falou nas escadas...

Dominic proferia suas palavras finais:

Citação :
-Victor, lamento, mas esse ano não haverá clube dos duelos! Não quero arriscar que um de meus alunos se meta a valentão e tente enfrentar um fantasma! Tenho dito!

E o diretor saiu glorioso da sala, olhando desdenhosamente na direção de Isadora e Bruno, com um ar de senhor do engenho que acabara de pôr seus escravos fugitivos no tronco...

- Dos males o menor... - disse Isadora dando-se por vencida e olhando para Bruno que começava a se desfazer do efeito da pílula... Victor a olhou não entendendo o sentido da frase e ela não tentou explicar... não naquela noite.


_________________

You know that I´m no good...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Escritorio Victor Wagner   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Escritorio Victor Wagner
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Victor - Victorius - Tremere
» Ágatha Victor - Ventrue
» ? Ficha de Victor Manzini
» [BOX] Victor Goth
» Victor Engine-Damage Popup

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Educandário de Magia Monte Pascoal :: 2025-
Ir para: